Publicidade
Segunda-Feira, 28 de Maio de 2018
Descrição do tempo
  • 25º C
  • 16º C

São décadas de experiência como sinônimo de cobertura completa e bem informada do submundo do crime, os bastidores da segurança pública e do dia a dia de quem trabalha para deixar o cidadão tranquilo. Nada escapa ao olhar afiado do principal nome da crônica policial catarinense.

  • Vereador catarinense é preso por descumprir medida protetiva da lei Maria da Penha

    Um vereador de 33 anos, da cidade de Galvão, Extremo Oeste catarinense, foi preso porque vinha descumprindo medida  protetivas de urgência. Ele estava sendo monitorado há alguns dias, por ameaçar a ex-companheira e  descumprir a medida judicial que o obrigou a não se aproximar dela. A prisão foi efetuada por policiais paranaenses e catarinenses de São Lourenço do Oeste. O vereador foi conduzido à carceragem da Polícia Civil de Pato Branco, local onde permanecerá à disposição da Justiça.

  • Polícia Militar recupera no bairro Pantanal motocicleta roubada em Florianópolis

    CG foi abandonado pelo ladrão - Divulgação/ND
    CG foi abandonado pelo ladrão - Divulgação/ND




    Durante rondas de rotina no combate a criminalidade em Florianópolis, uma guarnição do 4º BPM (Batalhão da Polícia Militar) da Capital encontrou no bairro Pantanal uma motocicleta furtada e abandonada pelo ladrão. A CG preta, com placas de Florianópolis, foi encaminhada para a Central da Agronômicam, onde o proprietário irá resgatá-la.

  • Polícia Civil escolta caminhão tanque com 48 mil litros de combustível para o Norte de SC

    Caminhão tanque com 48 mil litros de combustível chega no Norte do Estado - Divulgação/ND
    Caminhão tanque com 48 mil litros de combustível chega no Norte do Estado - Divulgação/ND



    Equipes da Polícia Civil de Canoinhas e Mafra  realizaram  a escolta de um caminhão tanque com 48.000 litros de combustível da cidade de São José dos Pinhais, no Paraná, para abastecer as cidades de Porto União, Mafra, Canoinhas e Irineópolis. De acordo com a polícia, o combustível será direcionado apenas para os serviços essenciais: saúde, segurança pública e bombeiros. 

  • Sucessão de fugas na Central de São José deixa três cubículos interditados

    Três presos fugiram na última sexta-feira (25) da Central Regional de São José. Esta é a segunda fuga ocorrida na semana. Terça-feira, outros quatro detentos também escaparam. E na semana passada, mais dois serraram as grades. Sempre que ocorre fuga, a cela fica interditada.  Dos quatro cubículos da Central, três continuam sem condições de uso. A situação está tão critica que uma mulher detida num compartimento apertado, utilizado para revista pessoal, nem consegue esticar as pernas para dormir.