Publicidade
Terça-Feira, 11 de Dezembro de 2018
Descrição do tempo
  • 30º C
  • 20º C

Diariamente o comentarista aborda a rotina, contratações e analisa os jogos de Avaí e Figueirense. A história do futebol Catarinense é resgatada com postagens que relembram os títulos e jogadores que fizeram história no futebol do estado.

  • Volante Judson deixa o Avaí e vai jogar nos Estados Unidos

    Judson está confiante na renovação contratual com o Avaí (Foto: André Palma Ribeiro/Avaí) -
    Judson vai jogar em solo americano  (Foto: André Palma Ribeiro/Avaí) -


    O Avaí não vai poder contar com um dos principais jogadores na conquista do acesso para a próxima temporada. O desempenho de Judson foi bem REAL em 2019, mas agora optou por receber em dólares. Aos 25 anos, Judson acertou com o San Jose Earthquakes, que disputa a Major League Soccer, clube da primeira divisão. O interesse do time americano surgiu antes mesmo do Avaí confirmar o retorno para a primeira série A, mas ele só abriu negociação após o término da competição. O volante viaja ainda mês para os EUA onde irá realizar os exames médicos. Foram três temporadas defendendo o Avaí. Judson é vinculado ao empresário Edurado Uran, que detém 60% dos seus direitos econômicos. Os outros 40% pertencem ao Santa Cruz do Rio Grande do Norte

  • FÉRIAS: a coluna digital retorna dia 27 de dezembro

    Coluna Jornal Notícias do Dia 22.11.2018 - reprodução/ndonline
    Coluna Jornal Notícias do Dia 22.11.2018 - reprodução/ndonline



  • No primeiro ano como profissional, jogador do Avaí acredita no acesso

    No primeiro ano como profissional foi o jogador revelação do campeonato estadual, só não foi vendido pelo Avaí para o futebol do exterior porque pintou uma negociação com o Rômulo antes e pode terminar o ano com um acesso para à série A. Essa é a trajetória fulminante do lateral direito Guga que fala em afastar a ansiedade para vencer a Ponte Preta no sábado na Ressacada. Sem dúvida, um dos jogadores mais importantes e eficiente do Avaí nessa temporada.

  • Ponte Preta chega forte para a decisão. Campanha de recuperação impressiona

    Quando o treinador Gilson Kleina assumiu o comando técnico da Ponte Preta, foi para tirar o time de Campinas de uma situação ruim no campeonato. Só que a macaca embalou e em oito jogos, venceu sete e empatou apenas um jogo – esse fora de casa diante do campeão Fortaleza. Esse é o naipe do adversário do Avaí no sábado. O que faz aumentar ainda mais a tensão e expectativa por esse jogo.

Publicidade
Publicidade