Publicidade
Quinta-Feira, 13 de Dezembro de 2018
Descrição do tempo
  • 32º C
  • 21º C

Leandro Mazzini é jornalista, escritor e pós-graduado em Ciência Política pela UnB. Iniciou carreira em 1994, e passou pelo Jornal do Brasil, Gazeta Mercantil, Correio do Brasil, Agência Rio entre outros. O blog é editado por Mazzini com colaboração de Walmor Parente e equipe de Brasília, Recife e São Paulo.

Malta recusou Desenvolvimento Social e queria Defesa ou Embaixada

Bolsonaro que sempre o viu como o aliado certo não entendeu a demanda

Leandro Mazzini

O senador Magno Malta (PR-ES) recusou o Ministério do Desenvolvimento Social.

Os bastidores do que aconteceu, segundo fonte da Transição do Governo: Dois dias após a eleição, Malta telefonou para o presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL), e o surpreendeu com o pedido de ser Ministro da Defesa ou Embaixador em Israel.

Bolsonaro respondeu com duas perguntas: “Você fala inglês ou tem Quatro Estrelas no ombro?”. Malta não tocou mais no assunto. E Bolsonaro, que sempre o viu como o aliado certo para as causas sociais, não entendeu a demanda.

A turma da transição não tem dúvidas de que, por trás do pedido de Malta, está Valdemar da Costa Neto, dono do PR, que vai perder a Infraero e os Transportes. O Ministério da Defesa mantém e ou terá contratos bilionários de compras de equipamentos, armas, munições e tecnologias, de governos como Estados Unidos, Israel e Rússia.

A Coluna procurou o senador por telefone , sem sucesso.

Vaga

Na saída honrosa de Bolsonaro para Malta – que foi cogitado até como vice na chapa – avalia-se uma direção de entidade do Sistema S.

 

Itamaraty cancela debate após polêmica com patrocínio

O Ministério das Relações Exteriores cancelou o debate “O Movimento Comunista Internacional e seus impactos no Brasil”, que seria em seu auditório nesta terça (4).

Um jornal publicou reportagem sobre cartilha produzida por um professor de História do Rio de Janeiro, com o patrocínio parcial do Itamaraty, que chama de “homofóbico” o presidente eleito, Jair Bolsonaro.

Resultado: todos os eventos com conteúdo “polêmico ou sensível” foram cancelados.

Mistério de Bacabal, pressa de senadores para projeto e outros bastidores

Do peito

Embora parte pequena do MDB seja atendida no Ministério do Desenvolvimento Social, a indicação de Osmar Terra é da cota pessoal de Bolsonaro, de quem é amigo.

Mistério de Bacabal

O assalto é assunto da polícia. Mas autoridades se perguntam: Por que uma agência bancária de uma pequena cidade no meio do Maranhão tinha R$ 100 milhões no cofre?

Hein!?

Causa curiosidade nos pares a pressa dos senadores Ana Amélia (PP-RS) e Ricardo Ferraço (PSDB-ES), autora e relator, respectivamente, do PLS 284/17. O projeto autoriza o fisco a fechar empresas devedoras de tributos. A audiência é hoje numa comissão do Senado. Ana Amélia e Ferraço estão sem mandatos em 2019.

Como fica o seu Zé da mercearia da esquina que, diante da alta carga tributária, não conseguiu pagar em dia seus impostos, e depende do comércio aberto para sobreviver?

Publicidade

0 Comentários

Publicidade
Publicidade